Dicas de SexoSexo Anal

Como fazer beijo grego: tudo o que você precisa saber

Quarentena com Prazer

Que a boca faz maravilhas, você já sabe. Agora, você já ouviu falar sobre Beijo Grego? Nesse post vou te dicas sobre como fazer beijo grego.

Beijar é uma carícia que todo mundo ama e que estimula o sexo na maioria das vezes, afinal, as terminações nervosas proporcionam essa gostosa sensação. Também é uma forma de demonstrar carinho, estreitar vínculos e sentir prazer.

Quando nos referimos ao sexo, o beijo é fundamental para a excitação durante as preliminares e ajuda a manter o tesão na transa. Mas não é apenas o beijo de língua que pode proporcionar prazer: existe também o beijo grego.

O beijo grego é uma prática considerada um tabu para algumas pessoas, enquanto para outras é uma diversão e de quebra intensifica o prazer a dois. Se você não faz ideia do que estou falando, essa prática consiste em beijar e lamber o ânus do parceiro.

Quer saber mais sobre essa prática deliciosa? Confira a seguir.

O que é o beijo grego?

O beijo grego nada mais é do que a prática de acariciar o ânus do parceiro com beijos e lambidas. Então, não economize saliva.

Além de um método de fugir da rotina, a prática é também uma forma de chegar ao orgasmo.

O prazer vem através da estimulação das paredes do esfíncter anal, já que possuem muitas terminações nervosas que produzem um grande prazer se bem estimulado.

Quando o beijo grego é feito nos homens, as terminações nervosas se conectam com a próstata, que todo mundo sabe que é bastante prazeroso para eles. Podendo levar também a ejaculação.

E nas mulheres, embora seja menos intenso, as terminações nervosas podem se juntar a parte interna do clitóris, produzindo uma melhor experiência.

Ainda existem muitos tabus em relação às práticas que envolvem o ânus, então nem todo mundo se sente confortável com o beijo grego. Mas para os amantes de um bom sexo anal, vale a pena se jogar nessa experiência.

3 Benefícios do beijo grego

Beijo grego

1. Picos de prazer

Tanto a boca quanto a região anal possui muitos nervos, no entanto, quando estimuladas ocorre uma vasodilatação nas zonas, o que leva a maiores picos de prazer durante o sexo.

O mais legal é que não é somente quem recebe o beijo grego que passa pela vasodilatação, já que a boca também possui muitos nervos. O benefício é prazeroso para ambos, e prazer mútuo é o que a gente gosta, não é mesmo?

2. Maior intimidade na relação

Para que o beijo grego aconteça é preciso uma conexão entre o casal, o que consequentemente aumenta a intimidade de ambos.

E depois de criar essa intimidade, as experiências na cama serão muito mais proveitosas e prazerosas para os dois.

3. Novas experiências

O casal que se permite às novas experiências, como o grego beijo, se propõe a sentir novas sensações na cama.

Isso mostra que o casal tem uma mente aberta e não se prende ao medo de satisfazer as suas e as vontades sexuais do parceiro (a).

Como criar um clima para o beijo grego?

Como fazer beijo grego

Comece acariciando os glúteos do parceiro ou da parceira durante as preliminares. Quando sentir liberdade vai deslizando os dedos para a região anal.

Inserir o dedo e massagear a região anal   também é prática válida.

Todo esse estímulo vai levar o casal ao clima certo para iniciar a performance. Faça tudo com calma, não precisa correr, quanto mais estimulados melhor.

Quando você finalmente for fazer o beijo grego, aposte também nas lambidas e em beijinhos na região. Em seguida, leve a língua próxima ao ânus, separe as nádegas e dê lambidinhas nessa área, em movimentos circulares e/ou horizontais e verticais.

Para intensificar ainda mais o momento, que tal masturbar o parceiro/a ? No caso do homem receber o beijo grego,  você pode acariciar o saco escrotal ou estimular o períneo.  No caso da mulher receber, você  pode estimular o clitóris ou o ponto G.Produtos para Beijo Grego

Como se preparar para o beijo grego

1. Acordo de ambas as partes

O primeiro passo para a prática dar certo, como tudo no sexo, é o consentimento de ambas as partes. Converse com seu parceiro, explique como a prática funciona e se ele/ela der o sinal verde, vocês podem tentar sem medo algum.

Mesmo depois de conversarem, é importante que na primeira vez você observe como ele vai reagir aos toques na região.

Se ele/ela estiver confortável, prossiga. Caso haja um certo receio é melhor interromper.

2. Prevenção

Através do beijo grego é possível que se transmita doenças, como a hepatite A, B ou C, herpes genital, HPV gonorreia ou vermes intestinais. Mas, não se preocupe, tem jeito para isso.

É ideal que as revisões médicas estejam em dia, assim alguns riscos são evitados e o uso de preventivos também é indispensável.

Não sei se você sabe, mas existem camisinhas para a língua. Porém, elas não protegem os lábios — o que seria o ideal para o contato com o ânus

Nesse caso, te aconselho a usar uma camisinha feminina ou masculina. Só que você deve rasgá-la e usar como uma barreira sobre o ânus. Assim você pode chupar e lamber com segurança.

3. Higienize a região do ânus

Higienizar a região do ânus é muito importante. O contrário disso pode ser uma situação de cortar o clima.  Além disso, o ânus é uma região muito exposta a bactérias, se mal higienizada pode causar DST’s.

Para deixar o ânus limpo, enquanto estiver no banho, afaste uma nádega da outra e deixe a água escorrer sobre o local. Aplique um pouco de sabonete neutro no ânus e esfregue com os dedos. Tome cuidado para não se machucar.

Se mesmo assim você ainda não estiver confortável, pode ler essas outras dicas para higienização anal.

4. Escolha uma posição agradável

Posição para Sexo anal

Encontrar a posição ideal é importante em qualquer prática sexual.

Você e seu parceiro/a precisam estar confortáveis para que não precisem interromper o momento e acabar com o clima por uma dormência, por exemplo.

As posições mais comuns para o beijo grego é a posição de 4, o  69 ou de bruços para que você tenha facilidade para afastar as nádegas e estimular sua parte interna.

Lembrando que vocês podem começar pelo sexo oral e depois ir deslizando até o ânus.

Enquanto isso, acompanhe as reações dele/a a cada nova carícia que você fizer, assim você saberá o que o agrada mais e ir mudando o estímulo ou a velocidade.

5. Muita saliva

A saliva é essencial para movimentar com ainda mais precisão a sua língua,  então não a economize, afinal, é de enlouquecer qualquer um.

Para os casais que amam experimentar uma nova sensação, vale apostar também em um gel beijável para te ajudar a deslizar pela região e proporcionar uma melhor experiência.

Existem produtos eróticos específicos para o beijo grego.

Quando não praticar o beijo grego?

  • quem vai receber está com suspeita ou ter a exatidão de algum problema gastrointestinal;
  • a pessoa que vai receber está com gases;
  • não houver higienização da região do ânus.

Para finalizar, confira as dicas da super Luana Lumertz sobre beijo grego:


O beijo grego pode ser uma boa preliminar para o sexo anal. Se a pessoa que está recebendo se sentir à vontade com as carícias, você pode sugerir a penetração por trás. Para que isso aconteça da melhor maneira para os dois, tenha em mãos lubrificante e camisinha. Se você iniciar o sexo anal, não volte para o vaginal sem trocar o preservativo.

Agora que você já sabe como fazer beijo grego, saiba tudo sobre sexo anal sem sentir dor.

Vibradores Mais Vendidos
Tags
Mostrar mais

Posts recomendados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar